Maradona teria caído e batido a cabeça uma semana antes de morrer

Após a suposta queda, não teria procurado os médicos e nem ido ao hospital

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - A promotoria da Argentina segue investigando e tentando entender as causas da morte de Diego Armando Maradona. Segundo a TV C5N, o eterno camisa 10 caiu e bateu a cabeça uma semana antes de morrer aos 60 anos.

A informação foi passada, em depoimento, pelos enfermeiros Ricardo e Dahiana Gisela Madrid que cuidam do ídolo argentino.

Novos capítulos sobre a morte de Maradona. (Foto: AFA)
Novos capítulos sobre a morte de Maradona. (Foto: AFA)
"Se houve algo, a autópsia vai revelar", disse Leopoldo Luque, médico particular de Maradona, que também é investigado pela promotoria.

Dias antes, Maradona tinha operado o cérebro e, mesmo após a suposta queda, não teria procurado os médicos e nem ido ao hospital. A batida foi no lado direito e a operação no lado esquerdo.

ADEUS!
Maradona morreu aos 60 anos. Ele atuava ultimamente como técnico do Gimnasia La Plata e lutava contra uma série de problemas de saúde. Maradona morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória.

O eterno camisa 10 argentino estava em casa quando se sentiu mal. Familiares e funcionários até chamaram ambulâncias para procurar socorrê-lo, mas ele faleceu antes mesmo da chegada dos veículos de emergência.