Espanhol: Federação deve multar Barcelona por homenagem de Messi a Maradona

O código disciplinar da Federação diz que nenhum atleta pode tirar a camisa do seu time, independentemente do objetivo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - O Barcelona terá de pagar uma multa de três mil euros (R$ 19 mil) à Federação Espanhola, devido à homenagem de Messi à Maradona, na vitória da equipe sobre o Osasuna, neste domingo, pelo Campeonato Espanhol.

ENTENDA

O problema é que o regulamento do Campeonato Espanhol veta que atleta mostre qualquer outra camisa durante os jogos da Liga. Além disso, o Barcelona é patrocinado pela Nike, enquanto a camisa do Newell's e o próprio Messi contam com o patrocínio da Adidas. As duas brigam pela mesma fatia do mercado.

Foto: Divulgação / Barcelona
Foto: Divulgação / Barcelona

"O jogador que, na ocasião de ter marcado um gol ou por qualquer outra causa derivada das ações do jogo, levanta a camisa e exibe qualquer tipo de publicidade, slogan, legenda, siglas, anagramas ou desenhos, qualquer que seja o conteúdo ou a finalidade da ação será punido como autor de infração grave com multa de até três mil euros e advertência", diz o regulamento.

Aos 23 minutos do segundo tempo, após marcar o quarto e último gol da partida, Messi tirou a camisa e supreendeu a todos, com um uniforme da época em que Maradona jogou pelo Newell's Old Boys, clube onde o jogador iniciou sua trajetória.

NIKE X ADIDAS

Nos bastidores, a Nike não gostou de ver a imagem que corre o mundo de Messi homenageando Maradona com uma camisa em que a Adidas aparece com destaque. Por enquanto, a empresa não pretende se manifestar nem fazer qualquer tipo de protesto ao jogador, mas o ato, embora seja uma bonita homenagem, fez com que houvesse algumas críticas internas. Coincidentemente, Messi é patrocinado pela Adidas, o que causou ainda mais discussão.

Jogos pelas principais ligas da Europa tiveram um minuto de silêncio em homenagem ao craque argentino, que morreu com 60 anos, em Buenos Aires, semana passada. Na Espanha, Maradona atuou no Barcelona, mas não teve grande destaque.