Região nordeste domina Série C na última década, veja os campeões

O ABC foi o primeiro campeão, em 2010, o Náutico o último, em 2019

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - A Série C do Campeonato Brasileiro teve nos últimos dez anos o Nordeste como maior vencedor, foram quatro conquistas (ABC, Santa Cruz, CSA e Náutico). A região sudeste teve três (Oeste, Vila Nova e Boa Esporte), a sul, dois (Joinville e Operário-PR e norte, um: Paysandu.

Náutico foi campeão da Série C em 2019
Náutico foi campeão da Série C em 2019
Confira a lista abaixo:

2010 - ABC

Após liderar a primeira fase, o ABC encontrou o Águia de Marabá nas quartas de final, venceu facilmente, também não teve grandes dificuldades diante do Salgueiro. Pegou, na decisão, o Ituiutaba. Venceu por 1 a 0 na ida e segurou o 0 a 0 para ser campeão.

2011 - Joinville

O Joinville classificou em segundo no Grupo D, com 15 pontos, atrás da Chapecoense, com 16. Na sequência, em nova divisão por grupos, ficou na liderança, com 16, eliminando Ipatinga, Chapecoense e Brasiliense. Na decisão, fez 3 a 1 e 4 a 0 no CRB.

2012 - Oeste

O Oeste foi quem levantou o troféu em 2012. O time paulista ficou em quarto na primeira fase, mas cresceu na sequência. Passou depois por Fortaleza, segurando um empate por 1 a 1 no Castelão lotado, e depois vencendo em casa por 3 a 1. Bateu também Chapecoense e Icasa, na decisão.

2013 - Santa Cruz

O tão sonhado acesso do Santa Cruz saiu com o título em 2013. O Coral fez 34 pontos na primeira fase, que o fez pegar o Betim nas quartas. Depois, passou por Luverdense e Sampaio Corrêa. O título veio com 2 a 1, no Arruda.

2014 - Paysandu

O Macaé foi crescendo ao longo da competição. Após ficar em quarto do Grupo B, teve que passar pelo Fortaleza, em pleno Castelão, pelo CRB, com goleada por 4 a 0, em casa, e Paysandu, no Mangueirão. O título veio nos gols fora de casa, após empate por 1 a 1 e 3 a 3.

2015 - Vila Nova-GO

O Vila Nova fez a terceira campanha da primeira fase, atrás de Fortaleza e ASA. O time goiano cresceu no mata-mata, bateu a Portuguesa, eliminou o Brasil de Pelotas, nos pênaltis, e levantou o título contra o Londrina, com um triunfo por 4 a 1.

2016 - Boa Esporte

O Boa Esporte fez a segunda melhor campanha do Grupo B, apenas atrás do Guarani. O time mineiro eliminou no mata-mata Botafogo-PB, Juventude-RS e Guarani. A decisão foi épica. Após empate por 1 a 1, no Brinco, o time de Varginha levantou a taça com um triunfo por 3 a 0.

2017 - CSA

O CSA começou o torneio de forma discreta, mas foi aos poucos ganhando força. Ficou em segundo no Grupo A, com os mesmos 32 pontos do Sampaio. No mata-mata, derrotou Tombense, São Bento, nos pênaltis, e levantou o caneco frente ao Fortaleza, vencendo em pleno Castelão.

2018 - Operário-PR

Assim como ocorreu na Série D, o Operário levantou a taça da Série C, no ano seguinte. Ficou em segundo no Grupo B, com 35 pontos. Depois, venceu Santa Cruz, Bragantino e Cuiabá para levantar o caneco.

2019 - Náutico

O Náutico ficou em primeiro do Grupo A, com 33 pontos. O Timbu ainda eliminou o Paysandu e Juventude, nos pênaltis, e o Sampaio Corrêa, na decisão.