Torcidas organizadas do Figueirense arrecadam alimentos para ajudar comunidades carentes

Torcedores pedem alimentos não perecíveis e produtos de higiene e de limpeza

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 07 (AFI) - A pandemia do novo coronavírus tem mexido com os brasileiros. As torcidas organizadas do Figueirense, Gaviões Alvinegros e Choppgueira, aproveitaram a pausa no futebol para arrecadar alimentos e ajudar comunidades e instituições carentes.

"Devido à pandemia do novo Coronavírus, muitas famílias perderam suas rendas e estão passando por necessidades. Por esse motivo, estamos arrecadando mantimentos para serem distribuídos a quem precisa", publicou a Gaviões em suas redes sociais.

A torcida focou a arrecadação em cestas básicas, alimentos não perecíveis e produtos de higiene e de limpeza. Os donativos poderão ser entregues na Padaria Bonavita, localizada na Rua Irmã Bonavita, 1269, na Coloninha, região continental de Florianópolis.

Boa ação das organizadas. (Foto: Patrick Floriani/FFC)
Boa ação das organizadas. (Foto: Patrick Floriani/FFC)
MAIS DOAÇÕES!

As doações para a campanha da Choppgueira, enquanto isso, começam pelo WhatsApp (48) 99985-7754. Ali, as pessoas combinam a forma e o horário da entrega.

"Juntos podemos minimizar os danos causados pela situação de pandemia instalada em nossas vidas. A nossa união mais uma vez fará a diferença", publicou a organizada.

"Passamos por uma situação de extrema dificuldades e em casos como o que estamos vivendo, quem acaba sendo afetado são aquelas pessoas mais necessitadas", disse Vera lúcia Rodrigues, vice-presidente do Figueirense.

"Por isso devemos ajudar da maneira que podemos e fazer o máximo para que o sofrimento deles seja o menor possível. Essas atitudes das nossas torcidas nos enchem de orgulho, e reforça que ser solidário está no DNA alvinegro", completou ela.

Pelo Campeonato Catarinense, o Figueirense garantiu vaga às quartas de final com a terceira melhor campanha. Agora, o time de Márcio Coelho enfrentará o Juventus com a vantagem de decidir em casa. A Federação Catarinense de Futebol (FCF) ainda marcará as datas e os horários.