Lateral do Figueirense entra na Justiça e cobra R$ 1,5 milhão do Fluminense

A audiência estava marcada para o dia 25 de março, mas foi adiada por conta da pandemia

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 06 (AFI) - O lateral-direito Lucas é mais um jogador a acionar o Fluminense na Justiça. Hoje no Figueirense, o atleta cobra mais de R$ 1,5 milhão do Tricolor pela sua passagem em 2017.

A ação de Lucas contra o clube carioca é de R$ 1.574.385,35 referentes ao 13º, férias, direito de imagem, não recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e multas.

Lucas defendeu o Fluminense durante a temporada 2017
Lucas defendeu o Fluminense durante a temporada 2017

A audiência entre as partes estava marcada para o dia 25 de março mas acabou sendo adiada por conta da pandemia do coronavírus. A data do novo encontro ainda não foi definida.

Lucas defendeu o Fluminense durante toda a temporada de 2017, quando foi emprestado pelo Palmeiras. Ao todo, o lateral disputou 56 partidas com a camisa tricolor e marcou três gols.

O jogador de 32 anos retornou ao Figueirense, clube onde foi revelado, nesta temporada. Além de Figueira e Flu, Lucas defendeu também São Bento, Botafogo, Palmeiras, Cruzeiro, Vitória e Botafogo-SP.

Recentemente, o goleiro Júlio César e o meia argentino Claudio Aquino entraram na Justiça cobrando pendências do Fluminense.