Goiás marca reunião com chefe da arbitragem para reclamar de lances nos últimos jogos

O time esmeraldino acredita que foi prejudicado nos últimos quatro jogos do Brasileirão com decisões equivocadas da arbitragem

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 23 (AFI) – Algumas decisões da arbitragem nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro vêm incomodando o Goiás, que fará uma reclamação formal à CBF.

O clube esmeraldino, representado pelo presidente Marcelo Almeida e o vice administrativo Rogério Santana, tem uma reunião marcada com Leonardo Gaciba, chefe da comissão de arbitragem da CBF, nesta quinta-feira.

Na reunião, os dirigentes do Goiás vão apresentar alguns lances em que acreditam que o clube foi prejudicado por erros de arbitragem e vão exigir ainda um esclarecimento maior sobre as determinações passadas ao árbitro e quanto ao uso do VAR.

“Vamos fazer uma reclamação formal sobre lances que ocorreram nos últimos quatro jogos. Queremos mostrar que estão tendo erros grosseiros nos jogos do Goiás”, disse o presidente Marcelo Almeida.

“O VAR seria para acabar com as dúvidas, mas está criando ainda mais problemas”, desabafou.

Os lances em questão são um gol anulado contra o Botafogo, um pênalti não marcado contra o CSA, um pênalti marcado para o Corinthians e um gol anulado contra a Chapecoense. Um em cada um dos quatro últimos jogos do Goiás no Brasileirão.