Wallace Lemos defende sequência do Piauiense e garante: 'Parnahyba não abre mão'

Com um jogo a menos, Tubarão do Litoral é o quarto colocado, com 16 pontos, ainda na luta pelo G2

por Agência Futebol Interior

Parnaíba, PI, 30 (AFI) - Em meio à interrupção das atividades futebolísticas no Brasil e no mundo por conta da pandemia do Covid-19, o Campeonato Piauiense foi um entre tantos torneios estaduais paralisados.

Na briga direta por classificação à final, o Parnahyba está com as atividades suspensas por tempo indeterminado.

Wallace Lemos, comandante do Tubarão do Litoral, posicionou-se de forma contrária à pausa da competição e entendeu ser desleal com os clubes em ascensão na temporada.

Wallace Lemos critica paralisação do Piauiense
Wallace Lemos critica paralisação do Piauiense

"Para encerrar o campeonato da forma atual, eu enxergo como totalmente inoportuno. A competição não é de pontos corridos. Em meio às propostas citadas... propostas, não, achismos! O primeiro e o segundo melhores colocados se classificam, sendo campeão e vice e os dois últimos não caem", analisou o treinador.

"Por que o campeonato vai valer para uma situação e não vai valer para outra? Qual é a finalidade? Angariar supostas pessoas favoráveis a essa proposta? São totalmente inoportuna essas colocações", disparou.

EM ALTA

O Parnahyba não sabe o que é ser derrotado desde a rodada inaugural do Piauiense, quando foi superado pelo Flamengo-PI, fora de casa.

De lá para cá, os comandados de Lemos engataram oito jogos de invencibilidade, com quatro vitórias e quatro empates - atualmente, o Tubarão ocupa o quarto lugar, com um jogo a menos e 16 pontos, quatro de desvantagem em relação ao Picos, primeiro integrante da zona de classificação.

"Não tem por que dar menos importância aos estaduais e mais ao Campeonatos Brasileiro. Se começou uma competição, ela precisa ser encerrada para dar início em outra. Eu creio que a importância do Estadual é muito grande, principalmente no Nordeste", opinou Lemos.

"Não podemos abrir mão da nossa competição. Todas as equipes do quarto lugar para cima têm chances de brigar por classificação. Afinal, todo mundo ainda se enfrenta. No nosso caso, temos cinco jogos e há, portanto, totais possibilidades de ir à final e brigar pelo título", finalizou.