Seleção FI da Série B da 24ª rodada com domínio do Guarani e principais destaques

Portal FI traz os melhores da 24ª rodada da Série B do Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 29 (AFI) - A Chapecoense terminou a 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro na liderança isolada, com 47 pontos, apesar da derrota frente ao Guarani. Completam o G-4: América Mineiro (44), Sampaio Corrêa (40) e Juventude (40).

A seleção da 24ª rodada teve um leve domínio do Guarani, que bateu com notoriedade ninguém menos do que a líder Chapecoense. Por isso, emplacou dois jogadores, além do técnico Felipe Conceição. Não é para menos, o Bugre dominou a equipe catarinense e não sofreu qualquer ameaça durante os 90 minutos.

CONFIRA OS CRAQUES DA RODADA DA SÉRIE B:

Goleiro: Rafael Martins (Brasil)
O Xavante surpreendeu o Sampaio Corrêa em pleno Castelão e venceu por 1 a 0. Apesar do gol de Dellatorre, o destaque da partida foi o goleiro Rafael Martins, que fez pelo menos quatro grandes defesas e evitou que o time maranhense pelo menos conquistasse o empate em sua casa. Ótimo resultado para o time gaúcho, que respira mais aliviado contra o perigo do rebaixamento.

Lateral-direito: Jeferson (Botafogo)
Jeferson fez uma boa partida e tomou conta do lado direito no empate sem gols entre Figueirense e Botafogo. O jogador foi a válvula de escape do time de Ribeirão Preto, que pressionou, mas a bola insistiu em não entrar.

Victor Ramon fez um grande jogo contra Chape
Victor Ramon fez um grande jogo contra Chape
Zagueiro: Victor Ramon (Guarani)
Fez uma partida de tirar o chapéu na vitória por 2 a 0 do Guarani diante da líder Chapecoense. O sistema defensivo foi perfeito, com destaque para Victor Ramon, que ganhou todas dos atacantes do time adversário. Se isso não bastasse, ainda fez um dos gols do triunfo bugrino.

Zagueiro: Odivan (Juventude)
Foi extremamente regular na vitória do Juventude por 1 a 0 para cima do Náutico. O defensor foi o cara na defesa e ainda se aventurou no ataque, criando bons momentos a favor do time gaúcho. Acabou sendo um dos destaques do duelo.

Lateral-esquerdo: Rafael Carioca (Vitória)
Rafael Carioca fez uma ótima dupla ofensiva com Léo Ceará. Os dois deram trabalho ao sistema defensivo do CRB. Rafael Carioca, por exemplo, deu duas assistências e Léo Ceará, sendo que uma acabou em gol. O próprio lateral ainda deixou a sua marca e fez o torcedor esquecer de Carletto e Eduardo Barroca.

Volante: Guilherme Castilho (Confiança)
Bola parada é com ele mesmo. Guilherme Castilho estava com o pé calibrado e fez um lindo com olímpico em cima de Fábio, o goleiro mais renomado da Série B. O volante ainda foi um cão de guarda em campo, correu por dois e acabou sendo um dos pontos altos do Dragão.

Tomás Bastos tomou conta do meio de campo do Operário
Tomás Bastos tomou conta do meio de campo do Operário
Meia: Tomás Bastos (Operário)
É o motorzinho do Operário. O jogador ditou o ritmo da partida na vitória do Fantasma por 1 a 0 para cima do Paraná. Ajudou na marcação, atuou como armador e ainda chegou com perigo em diversas oportunidades. Tomou conta desse meio de campo.

Meia: Arthur Rezende (Guarani)
Foi o cara da vitória do Guarani por 2 a 0 para cima da Chapecoense. Ao lado do zagueiro Victor Ramon foi um dos destaques. Vive grande fase, assim como o Bugre, que parece querer entrar na briga pelo G-4 na fase final do torneio.

Atacante: Léo Ceará (Vitória)
O camisa 9 fez uma dupla perfeita com Rafael Carioca. O gol da virada e da vitória dos baianos, aliás, contou com a dupla dinâmica. Léo Ceará aproveitou cruzamento e fez de cabeça. Antes, Rafael Carioca já tinha dado sufoco na defesa do CRB.

Atacante: Maxwell (Cuiabá)
Maxwell foi o melhor em campo na vitória do Cuiabá sobre o Avaí, por 2 a 1, em Cuiabá. O atacante fez os dois gols do Dourado na partida, o último deles aos 50 minutos do segundo tempo. O jogador é o artilheiro do time mato-grossense na temporada e reencontrou o caminho dos gols.

Paulo Sérgio é o artilheiro do CSA
Paulo Sérgio é o artilheiro do CSA
Atacante: Paulo Sérgio (CSA)
Paulo Sérgio, sempre ele. O atacante foi decisivo novamente para mais uma vitória do CSA. Desta vez, o time alagoano derrotou a Ponte Preta por 2 a 1. Além de contribuir com uma assistência, fez o seu para confirmar mais um triunfo de sua equipe que começa a sonhar com o acesso.

Técnico: Felipe Conceição (Guarani)
Felipe Conceição está novamente na seleção do Futebol Interior. Não é para menos, o treinador deu um nó tático em Umberto Louzer, na vitória do Guarani sobre a Chapecoense. O time bugrino fez o melhor primeiro tempo da temporada e soube administrar a vantagem na etapa final para confirmar os três pontos.

Felipe Conceição vem fazendo um grande trabalho no Guarani
Felipe Conceição vem fazendo um grande trabalho no Guarani